O Escola Sem Partido volta-se contra si mesmo: estratégia de sobrevivência?

Diogo Salles   A princípio, é impossível romper a simbiose que se formou entre o Escola Sem Partido enquanto movimento e associação e as várias iniciativas políticas conservadoras que compraram o discurso do combate à “doutrinação ideológica” e à “ideologia de gênero” (MOURA, 2016). Desde 2014, quando começam a aparecer os primeiros anteprojetos e projetos de…

Destaques da vigilância 04/07-24/07

O “Escola Sem Partido” e Paulo Freire Fonte aqui Provavelmente um dos momentos que mais causou repercussão no debate entre Miguel Nagib e o professor Fernando Penna no Canal Futura foi a declaração do fundador do ESP de que Paulo Freire teria sido “pedagogo do PT” promovedor “dos interesses do partido que era o partido…

Destaques da vigilância 20/06-03/07

    Audiências Públicas no Rio de Janeiro, Saudações a Ustra, Gênero e Sexualidade Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte   Fonte Fonte Durante a última semana do mês de junho, a Câmara Municipal da capital fluminense foi palco de duas audiências públicas para debater o Plano de Educação Carioca. A primeira audiência, do dia 28,…